quarta-feira, novembro 29, 2006

Entre.Tantos | Desejos

Aiiii, que um dia destes, aliás, uma noite destas (que estas vontades dão-me mais à noite) pego na fritadeira (é assim que se chama àquela espécie de panela onde se põe uma rede por cima?) e toca de fazer batata frita caseira com sal grosso.
Ui e depois é ver o óleo a ser carcumido pelo calor, e a espirrar por causa da fervura.

Ai que vontades tenho eu de acabar com o interregno (não se faz batata frita cá em casa ha uns 3 anos) e de:

1. Ir à despensa
2. Pegar numas batatas (nada de cenas congeladas que não têm graça nenhuma. So mesmo no Mc)
3. Descascá-las
3. Pô-las num alguidar com água
4. Cortá-las em rodelas ao alto
5. Dessas rodelas cortar palitos (tb ao alto e não muito grossos)
6. Escorrê-las, voltar a passar água e voltar a escorrer muito bem escorridinhas.
7. Agarrar uma mão cheia de sal grosso (atenção que eu disse grosso. Não quero ca essas paneleirices de sal de mesa) e certificar-se que todos os palitos foram envolvidos no simplório e mágico tempêro(mão cheia é expressão. Tb n é preciso ser asssim uma mão cheiaaaaaa).
8. Por esta altura o oléo já deve estar bem quente (porque estava em lume alto)
9. Colocar as batatas (com convicção e sem medos) no óleo a ferver (todos os palitos têm de estar submersos) e cuidado que o sal grosso faz aquilo espirrar ainda mais.
10. Esperar até as batatas começarem a ficar douradinhas, e estaladiças!
11. Provar uma para ver se é altura de as tirar

caso seja:
12. Escorrer o óleo fazendo-as saltar em cima da rede e colocá-las em cima de um prato com papel absorvente.
13. Tirar o excesso de gordura e esperar que arrefeçam um pouco.
14. COMÊ-LAS COM VONTADE!

Et voilá: a bela da batatonga frita estaladiça, e salgadinha com algumas pedrinhas de sal ainda por derreter, a serem esmagadas pelos nossos dentes, envolvidas pela nossa saliva, e saboreadas pelas papilas gustativas que a nossa lingua tem a dádiva de possuir.

Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, que vontade que eu tenho!

11 comentários:

B.A.B.E. disse...

nhamiiii (com pouca convicção pq são 10h35 a.m.)

iksvodaled disse...

eu n sou de intrigas mas alguém tem um problema...

B.I.T.C.H. disse...

ahahaha

ó Iks se tas a tentar enfiar a carapuça, sim, experimenta em mim que ela serve na perfeição.

Aliás não é um problema, são MUIIIIITOOOOOOOOOOOOOOOS....

ai, yumi. Mesmo às 11h35 eu as comia-a! Juro que tou de desejos de batata frita caseira!

Anónimo disse...

aaaaaiiiiiii! como te entendo!

as saudades que eu tenho da minha sogrinha, que me trazia um pratinho de batatas fritas caseiras, para enganar a fome quando o jantar estava quase quase...

Só a mim, ainda que estivessem mais 10 pessoas à espera do mesmo!

aiiiiiii! que saudades!
uiiiiiii! que vontade...

Anónimo disse...

Pelo menos resististe a por aqui a foto de uma pratada de batatas fritas amarelinhas, longas, estaladiças e com sal :P

*

B.I.T.C.H. disse...

Ó LadyBoo, minha gostosa, isso não será antes saudades do filho da sogra, em vez de saudades das batatas fritas da sogra?
hum?

Abssinto (nunca te perguntei:pkê 2 s´s?): resisti pk não tinha foto nenhuma de jeito e se fizesse a pesquisa so me ia aparecer coisas congeladas, foleirissimas, de certeza! e como nem fiz as tais batatinhas, nem a minha maquina ta a funcionar pq a ocular resolveu dar o berro e agora nem pa dentro nem pa fora...!

já agora: alguem conhece alguem que arranje maquinas fotograficas sem eu ter de levar isto à marca e sim, correndo o risco de me lixarem a maquina toda?

iksvodaled disse...

o sr do corte inglês só arranja almas

disse...

iksvodaled disse...
o sr do corte inglês só arranja almas

LOL!

Headache disse...

Filipa, eu conheço. Diz-me qual é o problema da máquina e a marca que eu vou ver se se consegue fazer algo...

Quanto às batatas, iammi, eu alinho (para me convencerem basta um pratinho de batatas fritas, quem me conhece que o diga).

B.I.T.C.H. disse...

Portanto: eu dou,te uma prato de batatas fritas caseiras,e tu arranjas.me a maquina?
Acho mt boa ideia!

Headache disse...

Se for algo que seja simples, talvez.
Coisas mais complicadas, sei quem as faça.
Coisas muito mais complicadas, só mesmo na marca.

Mas venham as batatinhas! (Não estou a falar do palhaço, claro)