quarta-feira, abril 30, 2008

Até à próxima

Ninguém é insubstituível. Mas também ninguém é como tu.



Vou ter tantas saudades tuas.


1 comentário:

TECO disse...

ZERO BITATES?
Ok, eu mesmo faço o primeiro.
A copy sócia deste blog vai caminhar com outro diretor de arte. E nem preciso dizer que está mais que pronta para isso. Como dizem as máquinas do ginásio:
GO!