quinta-feira, outubro 18, 2007

Tenho tantas saudades tuas

Acho que o problema foi nunca ter tido coragem para te dizer o quanto te amava, tal como dizia desta música.

E fui ficando com um coração grande demais, cheio demais, pesado demais.

Um coração feliz demais que, assim que tropecei, caiu e partiu-se.

E depois de acabar o que parece nunca ter começado, restou-me varrer o cacos.
Mas não os deitei fora. Preferi pô-los debaixo do tapete para poder espreitar sempre que tenho saudades.


Passaram 2 anos e ainda penso tanto em ti. On and on and on...


8 comentários:

Francis disse...

and on and on...

vai-te a ele, carago.

ou então o fardo que tu vais carregar, ou o que o proximo vai ter que superar, será demais...não ? ok pronto.

Jbela disse...

:)

Desvios disse...

Os grandes amores deixam-nos sempre assim, a pensar como seria se a coisa tivesse sido vivida de forma diferente. De qualquer forma há que olhar em frente sem medos. Das duas umas ou bem que deitas fora os cacos ou vais rapidamente buscar a super-cola so para ver o que é que acontece!!!! parabéns pelo blog!!!!

bruno disse...

Também já tive mais de dois anos e tal a pensar na mesma rapariga... Por isso sei que não é fácil.

Por mais que a quisesse esquecer, não conseguia. Adormecia a pensar nela, acordava a pensar nela... E aquele sabor ainda nos lábios que teimava em não desaparecer? Bah! Agora relembrei-me de coisas que pensava já ter esquecido!!! :(

Se não conseguir dormir bem esta noite e amanhã for despedido porque adormeci e cheguei tardíssimo ao emprego... Lembra-te!! A culpa é TUA!!!!!!! :P

Neni disse...

Cenas mal resolvidas é um raio!
**

B.A.B.E. disse...

estou do lado de cá dessa dor*

Luis disse...

já somos dois então

Erg disse...

as saudades são uma merda..Gosto da musica e do resto